Em reunião com a Semusa, Ismael Crispin pede serviços básicos de saúde para os moradores de União Bandeirantes

Com a instituição do Sistema Único de Saúde (SUS) através da Lei nº. 8.080/1990, toda a população brasileira passou a ter direito à saúde universal gratuita, financiada com recursos da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios, em conformidade com o artigo 195 da Constituição Federal, contudo essa não é a realidade do distrito de União Bandeirantes, distante a cerca de 160 quilômetros de Porto Velho. A constatação da situação foi feita pelo deputado Ismael Crispin durante uma visita ao distrito.

Diante das demandas recebidas, o deputado Ismael Crispin esteve na manhã desta quarta-feira (04) em reunião com a secretária municipal de Saúde de Porto Velho (Semuna), Eliana Pasini, a secretária-adjunta Marilene Penati e técnicos para discutir ações para atender a população do distrito.

“Estamos diante de uma pandemia, mas problemas antigos como a malária, ainda estão fazendo vítimas em União Bandeirantes. Segundo relatos dos moradores, os casos de malária estão subindo e o distrito não conta com um atendimento básico de saúde eficaz. A Eliana foi bem atenciosa e apontou que existe uma equipe cuidando das demandas do distrito e que vai intensificar as ações”, finalizou. 

Produção: Mega Publicidade

Laila Moraess

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

¡Fazendo o bem  acontecer para você!

Se inscrever

© 2021, Deputado Ismael Crispin. Todos os direitos reservados.